O que é data driven marketing e como funciona?

Data driven marketing é uma das principais estratégias de marketing digital de performance. Utiliza dados para facilitar a tomada de decisões de marketing e também para melhorar a performance de anúncios e campanhas. Dados como nome, telefone, email, preferências dos clientes e outros. Entretanto, muitos negócios ainda não conhecem e não aplicam o data driven marketing na prática.

Neste artigo você vai entender o conceito e conhecer as principais formas de aplicar o data driven marketing.

O que é data driven marketing?

Você já parou para pensar na quantidade de dados que estão sendo gerados no mundo ano após ano? Para se ter uma ideia, o volume de dados criado nos anos de 2014 e 2015 foi maior que a quantidade produzida em toda a história da humanidade. Este fenômeno é conhecido como “Big Data” e é um dos fatores que possibilita o data driven marketing que, como o próprio nome indica, trata-se do “marketing direcionado por dados”.

Mas e na prática, como isso funciona? 

O data driven marketing aproveita todas as informações e dados que o seu negócio  possui para nortear as estratégias de marketing. Diferente daquele “achismo”, muito comum, principalmente em pequenas empresas, todas as decisões do data driven marketing são baseadas em dados e números.

Essa mesma linha de raciocínio já é muito difundida na gestão de grandes empresas, onde todas as decisões administrativas são embasadas em números.

Qual a importância do data driven marketing? 

O data driven marketing é fundamental para se tomar decisões para definir os rumos de uma estratégia de marketing. Essas informações são usadas para alterar ou cancelar o que não está funcionando e também melhorar o que já está dando certo.

Um dos principais benefícios de utilizar o data driven marketing, é a possibilidade de reduzir os custos por resultados de seu marketing digital, pois você conhece melhor quem é seu público e tem a possibilidade de segmentar seus anúncios de maneira mais assertiva.

Para o usuário, o data driven marketing também traz benefícios, pois o consumidor recebe mensagens muito mais relevantes, pelas quais ele realmente pode se interessar com base em seu histórico na internet.

O data driven marketing é baseado em dados e informações para otimizar os investimentos em marketing.

O data driven marketing é baseado em dados e informações para otimizar os investimentos em marketing.

Exemplo de plataformas que auxiliam no data driven marketing

  • Google Analytics: A plataforma de anúncios da Google é um dos mais claros exemplos de referências para data driven marketing. A ferramenta apresenta todas as informações sobre acessos e usuários de seu site. Com ela, é possível descobrir os principais horários de acesso, localização geográfica e principais páginas que os usuários estão acessando, por exemplo.
  • Base de leads: Seu negócio tem uma base de leads? Se sim, parabéns, você tem informações preciosas em mão. Caso não tenha, é importante considerar uma estratégia de geração de leads com urgência. Leads são pessoas interessadas no seu produto/serviço ou assuntos relacionados ao seu negócio, que disponibilizam dados pessoais em troca de alguma oferta em uma página de cadastro. Esses dados são muito importantes, ainda mais considerando que são informações que eles responderam exclusivamente para sua empresa. Clique aqui e saiba mais sobre geração de leads.
  • Lista de emails: A informação vital da sua base de leads é o endereço de email de cada um deles. Os emails possibilitam diversas personalizações de anúncios. Por exemplo, você pode criar um anúncio personalizado no Facebook Ads somente para quem faz parte da sua lista de emails. Outra opção é criar um anúncio para pessoas que compartilham das mesmas características que a sua listas de email têm, atingindo um público muito mais selecionado.
  • Google Ads: A ferramenta da Google é capaz de revelar informações fundamentais para os anunciantes. É possível saber, por exemplo, quais são os principais termos de pesquisa que os usuários utilizam para encontrar os seus anúncios e, dessa maneira, você pode otimizá-los para não gastar dinheiro comprando termos que não estão relacionados aos seus produtos/serviços.
  • Facebook Ads: Com uma lista de clientes você pode criar públicos semelhantes e personalizados.
    • Público personalizado: O algoritmo tenta encontrar exatamente as pessoas dentro do facebook e instagram com base nos dados que você sobe. Se a pessoa usa o mesmo email e celular para fazer login nessas plataformas, ele será capaz de mostrar os anúncios para essas pessoas.
    • Público semelhante: A diferença aqui é que você usa a inteligência artificial do facebook para encontrar pessoas com comportamento semelhante àquelas que você compraram de você ou já interagiram com algum material.

Não tenho tempo para fazer data driven marketing, e agora?

Direcione seus esforços para as decisões estratégicas e terceirize o marketing do seu negócio com uma agência especializada em data driven marketing.

Uma agência especialista em data driven marketing como a yard., tem todo seu trabalho baseado no data driven marketing e é isso que toda agência de marketing voltada para resultados deve fazer.

Se você quer otimizar recursos e aproveitar melhor as informações que seu negócio tem, mas não utiliza atualmente, fale com um especialista yard.

Quero falar com um especialista yard.