Como ser criativo na publicidade e na vida

Como ser criativo na publicidade e na vida

Assim como na criação de marcas, logotipos e até mesmo na criação de campanhas publicitárias, a criatividade é algo inerente e muito importante. Porém, ao contrário do que muita gente pensa e acredita, a criatividade pode ser desenvolvida, ela não é um dom. E mesmo quem não trabalha em uma agência de publicidade, pode e deve desenvolvê-la. Acontece que muitas pessoas são criativas, mas simplesmente não sabem disso.

Mas e aí, como ser criativo? 

Não é fácil responder esta pergunta, até porque para se criar algo, não existe uma fórmula. Cada pessoa tem seu jeito. O que existe são algumas técnicas que facilitam a criação e ajudam a ter ideias realmente inovadoras.

Uma dessas técnicas pode ser encontrada no livro “A Arte da Guerra”.  Que conta que o principal general da época, quando ia traçar suas estratégias, lia livros que não tivessem nada a ver com a guerra, mas que o fizessem pensar em outras coisas, que não em armas e estratégias de combate. E assim ele conseguia abrir a sua cabeça, ter uma visão ampla do que estava acontecendo e traçar uma estratégia surpreendente para vencer as batalhas. Isso, dentro do ramo de marketing e da agência de publicidade é o que chamamos de Insight. O famoso “eureca” ou “estalo mental”, um momento inesperado de inspiração. São descobertas ‘quase’ acidentais, que acontecem principalmente quando conseguimos retirar o foco do problema principal e nos concentramos em alguma outra coisa. Pode ser também uma combinação acidental de dois elementos químicos em um laboratório que cria uma reação revolucionária, por exemplo. Mas para que você perceba o “acidente criativo” que acabou de acontecer, você precisa estar preparado para isso. Para estimular sua criatividade, você pode seguir estes 3 passos:

 

1 – Busque muitas referências

Basicamente a criatividade é algo que surge e nós não estávamos procurando. Mas a inspiração não acontece por acaso, ela exige um grande conhecimento prévio, até mesmo para você identificar que está diante de uma grande descoberta. Quanto mais cultura, melhor, mesmo que num primeiro momento pareça não fazer sentido e não esteja diretamente relacionado ao tema principal que você está querendo criar. Por isso, leia muito, veja muitos filmes, escute muita música e busque sempre por conhecimento.

Referências para ser criativo

Como ser criativo? O primeiro passo é buscar referências culturais. Imagem: how-br.blog.ehow.com/

2 – Não fique preso ao passado

Se você quer ser mais criativo, jogue fora todos os preconceitos que tinha sobre o assunto e entre numa nova fase, a partir e agora, mais criativa, mais leve e com mais resultados. Deixo como dica você assistir o filme A Rede Social, que conta a história de criação do Facebook. Perceba que no filme, Mark Zuckerberg e seus amigos não estavam procurando ser criativos, eles sequer estavam procurando criar algo revolucionário. E mesmo assim, “sem querer” criaram uma das maiores invenções do homem moderno. Atualmente, nós não damos a devida importância para o que o Facebook representa. E mesmo ele entrando na chamada publicidade online e permitindo criar anúncios, continua sendo uma plataforma que estará nos livros de história dos nossos netos e bisnetos, como um dos ingredientes principais para a revolução digital, que estamos vivendo. Isso, é claro, se existirem livros daqui a 70 anos 🙂

filme a rede social facebook

Será que eles estavam cientes do que o futuro lhes reservava? Imagem: s.glbimg.com

3 – Surpreenda. Faça diferente!

Esse é o lema da yard. agência de publicidade. O lema também faz parte da nossa missão, que é: “Criar estratégias de marketing que dão resultado, encantam e inspiram. Surpreenda, faça diferente!”. Se você ainda não tem uma missão escrita, sugiro parar tudo e escrever imediatamente. Uma boa missão nos ajuda a guiar todas as nossas decisões dentro da empresa e orienta o rumo.

Clique aqui e veja algumas dicas que podem ajudar você a ser uma pessoa mais criativa.

5 formas de oferecer exclusividade para seu cliente

Vamos combinar, quem é que não quer se sentir especial, ter um atendimento diferenciado ou um produto exclusivo? É assim que toca a banda nos dias de hoje. Independente do seu negócio, sempre existe uma maneira de fazer o cliente pensar que é diferente, que o seu serviço ou produto foi desenvolvido especialmente para ele.

Presenciamos diariamente exemplos como: tarifas bancárias personalizadas, planos de celular adequados ao perfil, personal trainers, clubes de compras exclusivos e cartões de crédito sob indicação de amigos. Mas como adequar esta exclusividade a sua realidade? Vou dar algumas dicas que trabalhamos frequentemente e que podem te ajudar.

– Crie grupos: determine algumas características específicas dentro da sua carteira de clientes. Selecione aqueles que se enquadram nas características escolhidas e forme um grupo exclusivo. Este seleto grupo terá vantagens exclusivas e será o seu porta voz para o mercado.

– Promova experiência: ofereça aos seus clientes exclusivos ocasiões diferentes como um jantar diferenciado, um passeio para conhecer um local novo ou até mesmo um ingresso para um determinado filme em cartaz. Aproveite esta oportunidade para incluir o seu produto/serviço de forma discreta no contexto. Seus clientes, com certeza, irão se lembrar desta experiência.

– Presenteie: quem é que não gosta de ser presenteado? Aproveite datas especiais como aniversários, formaturas, casamentos e nascimentos para presentear seus clientes. Não importa o tamanho nem o valor da lembrança, com certeza ele será pego de surpresa. Vale lembrar que existe no mercado diversas ferramentas de CRM – Customer Relationship Mangement (Gerenciador de Relacionamento com Clientes), que podem facilitar a sua vida, como por exemplo não deixar nenhuma data importante do calendário passar em branco.

– Personalize: não importa a quantidade de clientes no seu mailing, a grande maioria quer se sentir especial e diferente. Por que não personalizar? Uma pequena alteração no seu serviço ou produto pode atender o anseio do seu cliente e superar as suas expectativas.

– Escute: permita que seu cliente exclusivo prove em primeira mão o seu novo produto/serviço. Pergunte o que ele achou, aspectos positivos e negativos. Com certeza ele vai gostar de saber que você valoriza a opinião dele.

Gostou? Quer mais alguma sugestão? Vamos marcar de tomar um café e conversar.

imagem retirada de: https://babettetenhaken.com/2015/01/26/in-your-exclusivity-customer-base/

Como calcular a quantidade de comida e bebida para o seu evento

Quem é que não fica com dúvidas na hora de determinar a quantidade de comida e bebida para o seu evento? Seja o lançamento de um produto, relacionamento com clientes, pós-venda, ou até mesmo eventos pessoais como mini wedding, batizado, formaturas ou uma simples reunião em casa com a família e com os amigos, o medo de faltar algo sempre bate.  E como consequência, muitas vezes o desperdício é o resultado. Para dar uma mãozinha a você, montei um resumo simplificado para você não errar a mão na quantidade:

 

ALIMENTAÇÃO

– Jantar completo: 250g na entrada. Caso sejam salgados, considerar de 6 a 8 unidades por pessoa, sendo 150g de carboidrato e 250g de proteína além de 200 g de sobremesa.

– Coquetel: de 12 a 15 salgados por pessoa, 3 doces por pessoa após a sobremesa ou de 5 a 6 doces por pessoa se não houver outra sobremesa, como bolo por exemplo.

Finger food (comidas servidas em pequenas porções): 18 salgados e 6 doces.

– Sanduíches: 1 metro de sanduíche serve 6 pessoas ou de 5 a 6 mini sanduíches por pessoa.

– Bolo: 60g por pessoa quando for servido junto com outra sobremesa ou de 100g a 150g quando for a única sobremesa.

– Sorvete: 1 bola por pessoa.

 

BEBIDAS

– Não alcoólicas: 4 a 5 copos de refrigerante ou água mineral (com ou sem água).

– Champanhe, espumante ou prosecco – 1 garrafa a cada 3 pessoas ou 1 garrafa para cada 5 pessoas se houver cerveja.

– Vinho (tinto ou branco) – 1 garrafa para cada 2 pessoas ou 1 garrafa para cada 5 pessoas se houver cerveja.

– Cerveja: 3 latas por pessoa

– Uísque: 1 garrafa fornece de 15 a 20 doses

 

O ideal é conhecer um pouco a preferência dos convidados, não esquecer de ter sempre uma opção sem álcool, água gelada e opções lights/diets. Não esqueça também dos convidados que não comem carnes e nem derivados do leite.

Precisa de ajuda para organizar um evento? Entre em contato: manoela@yardconsultoria.com.br

Dicas para fazer um evento e aproximar sua empresa dos clientes

Um evento de relacionamento pode ser uma ótima opção para projetar a sua marca e ajudar a entender um pouquinho mais os desejos e anseios dos seus clientes.  Além da fidelização, essa é uma ótima oportunidade para prospectar novos consumidores, oferecendo um excelente retorno para as empresas, afinal de contas, é um momento de descontração, propício para uma abordagem mais sutil e sem tantas formalidades.

Vale lembrar que nem sempre é necessário um “super evento”. Dependendo do seu púbico e seu objetivo, é possível fazer algo menor, mais íntimo e com convidados selecionados a dedo, como um petit comitê, por exemplo.  É você quem decide.

Independente do porte da sua empresa e do tamanho do seu evento, os itens abaixo precisam ser considerados:

Convidados – antes de mais nada, defina quem serão seus convidados e qual a capacidade de público do evento;

Local – escolha um espaço físico disponível na sua empresa. Caso não seja possível, opte por locar um local externo com ambiente e localização compatíveis com os seus convidados;

Convite – escolha as maneiras de avisar seus convidados. Email marketing e Whatsapp são ótimos aliados. Tenha um canal de comunicação, assim você consegue ter uma expectativa de convidados presentes;

Avise e motive a sua equipe – ela é o seu elo com os clientes, ou neste caso, seus convidados. Apresente a idéia, o projeto, o objetivo e os resultados esperados com esta ação;

Fornecedores – tenha atenção na hora de escolher os fornecedores, compare, pesquise e prove os serviços com antecedência. Escolher parceiros indicados ou conhecidos pode evitar muita dor de cabeça.

Vale lembrar que nem sempre conseguimos abraçar todos os detalhes que um evento exige. E acredite, são estes detalhes que fazem a diferença. Procurar orientação e ajuda de um profissional da área pode garantir o sucesso do seu evento, satisfazer seus convidados e fazer o seu investimento valer a pena.

Não sabe a quantidade de comes e bebes para o seu evento? Clique aqui e acesse este artigo que te ensina a calcular.

imagem de capa retirada de diyprintingsupply.com