facebook ads

Não faça tráfego pago para sua empresa antes de ler isto

Blog
Por Hellen Scheidt
21 de fevereiro de 2022 | 8 minutos

“Tráfego pago funciona? Ele pode aumentar as vendas da minha empresa?”.

 

Se você é dono ou ocupa um cargo tomador de decisões dentro de uma empresa e está se questionando se fazer anúncios nas redes sociais e no Google é uma boa maneira de obter mais clientes, leia este artigo antes de tomar uma decisão.

 

O que é o trafego pago na prática

O tráfego pago é uma das possíveis fontes de acesso que o site ou loja online de uma empresa pode ter. Na prática, a empresa paga pelo espaço para anunciar em uma plataforma (Google, Facebook, Instagram, TikTok, LinkedIn, entre outras). A ideia é a mesma ao anunciar em uma revista ou jornal, por exemplo. O anunciante está “alugando” o espaço naquele veículo para mostrar uma publicidade sobre a sua empresa.

 

A gestão de tráfego pago é uma estratégia de marketing digital que vem se popularizando cada vez mais nos últimos anos. Qualquer empresa pode anunciar nas plataformas citadas acima se seguir as regras e padrões de cada uma delas, no entanto, não são todos os negócios capazes de ter bons resultados ao investir em tráfego pago.

 

Logo abaixo, você vai encontrar 4 dicas de como preparar a sua empresa antes de começar a investir em tráfego pago para aumentar suas chances de sucesso.

tráfego-pago

 

Como preparar a sua empresa para investir em tráfego pago
1 – Organize e prepare a sua equipe de vendas 

Os anúncios nas redes sociais e no Google começam a ser exibidos poucos minutos após serem ativados nas respectivas plataformas. E a equipe de vendas da sua empresa precisa estar preparada para o aumento no número de possíveis clientes necessitando de atendimento. Dependendo do tipo de produto e tamanho de investimento, analise a necessidade de incrementar a equipe com SDRs (Representante de Desenvolvimento de Vendas) para realizar uma abordagem inicial e qualificar seus leads.

 

De nada adiantará um bom anúncio, aparecendo para as pessoas certas na hora certa, se após o cadastro, o lead demorar mais de 48h para ser atendido. Tenha em mente que, se a pessoa está realmente interessada no seu produto ou serviço, pode ser que ela esteja buscando por outras empresas também. E se sua equipe demorar muito para retornar sobre um pedido de orçamento, por exemplo, pode ser que o seu futuro cliente acabe fazendo negócio com um concorrente nesse meio tempo.

 

Se a sua empresa ainda não possui estrutura para montar uma equipe de vendedores, atente-se, pelo menos, se os seus leads estão em automações de e-mail marketing. Dessa forma é possível nutrir seu possível cliente com informações e conteúdos sobre a sua empresa, produto ou serviço, fazendo-o se manter interessado no que você oferece até que receba atendimento.

 

No caso de um e-commerce não é diferente. Sua loja precisa estar preparada para atender um volume maior de usuários que irão acessá-la através dos anúncios.

 

2 – Dê prioridade para a loja online, tanto quanto a loja física (pelo menos)

Alguns comerciantes podem achar que “estar na internet” é o bastante para uma loja online vender. Mas não é assim que funciona na prática. Qualquer loja física que deseja expandir suas vendas geograficamente está na internet. Então é preciso planejamento e investimento para oferecer um bom serviço frente à concorrência.

 

Antes de investir em tráfego pago, realize uma boa revisão em diversos aspectos do marketing da sua empresa. Valor dos produtos, procura, frete, concorrência… Se você vende produtos de uma mesma marca que é encontrada em um marketplace como o Mercado Livre, por exemplo, competir com o frete e velocidade de entrega pode ser um desafio dependendo da fase em que sua empresa está.

 

Por conta disso, começar a investir em tráfego pago para um e-commerce depende de dedicação do dono da empresa em fazer também a loja online crescer e não focar somente na loja física, esperando que saiam algumas vendas “automaticamente” no site.

 

Os 4 P’s do marketing: Onde você está errando?

 

3 – Conte com profissional(is) de gestão de tráfego

Se você é o dono da empresa e quer fazer tráfego por conta própria, mas não tem tempo para acompanhar as atualizações das plataformas, realizar testes, revisar e verificar o desempenho das suas campanhas, pode ser que esteja desperdiçando seu orçamento para publicidade.

 

Algumas ferramentas oferecem opções automatizadas para facilitar com que qualquer pessoa possa veicular anúncios, como o botão “Impulsionar publicação”. No entanto, essa facilidade também impede você de utilizar toda a inteligência de dados e funcionalidades que as ferramentas têm a oferecer.

 

Ferramentas mais inteligentes vão acabar com o gestor de tráfego?

 

4 – Tenha ferramentas para armazenar os dados coletados

Fazer gestão de tráfego enviando os usuários para o WhatsApp ou perfil no Instagram, representa um enorme desperdício de dados. Isso porque, quem fica com os dados coletados enquanto você paga pelo tráfego, são essas redes sociais. Ao enviar o tráfego para um site, todas as informações coletadas serão do seu próprio uso para otimizar suas campanhas e deixar seus gastos com tráfego pago mais assertivos.

 

Além disso, existem ferramentas para criação de landing pages que também possuem funções de gestão de leads e integração com CRM. Sua empresa pode ter em uma ferramenta só, quase todas as funcionalidades que precisa para manter um histórico organizado e para fazer a abordagem desses leads.

 

Como encontrar a agência de marketing digital ideal para sua empresa?

 

Agora sua empresa está pronta para investir em tráfego pago

Depois de analisar os quatro tópicos acima, sua empresa está pronta para começar a investir em tráfego pago. O mais importante, é contar com a assessoria de uma agência especialista em marketing digital, capaz de oferecer todas essas funcionalidades, como a yard.

 

Quer conhecer mais sobre a yard.? Clique aqui.

 

Ouça mais sobre a discussão no yardcast:

Artigos Relacionados

google ads

Como melhorar anúncios com Google Web Designer

Autor Diluan Matos | 8 minutos
Quer saber como melhorar seus anúncios com o Google Web Designer e ainda por cima melhorar seus resultados? Então este artigo vai te ajudar! O que é Google Web Designer? O Google Web Designer é uma ferramenta GRATUITA entregue pela própria Google para melhorar os anúncios de display... Leia Mais
google ads

Google Ads: Preço para anunciar em 2022

Autor Hellen Scheidt | 9 minutos
Quer descobrir o preço para anunciar no Google Ads em 2022? Acompanhe este artigo para conhecer os valores atualizados e as melhores práticas para otimizar o seu investimento em anúncios na plataforma.    O que você verá neste artigo: Google Ads preço mínimo para anunciar;... Leia Mais
facebook ads

API de Conversões Facebook Ads no RD Station – Passo a passo

Autor Hellen Scheidt | 8 minutos
O RD Station Marketing liberou a configuração da API de Conversões do Facebook Ads nas suas landing pages, funcionalidade que atualmente está em fase Beta (03/01/2022). Aprenda neste artigo como fazer a instalação da API de Conversões do Facebook nas suas landing pages do RD Station. 1 -... Leia Mais