design

Para o sucesso do seu negócio você precisa avaliar isto

Blog
Por Alisson
24 de agosto de 2021 11 minutos

Algumas características da experiência do usuário são a base para seu produto ou negócio se manter saudável e continuar crescendo pelos próximos anos. Boas práticas na experiência do usuário podem e devem ser aplicadas em todos os tipos de negócios e inclusive em sua vida.

Avaliando o design

Hoje vamos avaliar o design do seu produto ou negócio. Mas não se engane achando que o design é apenas a parte estética do seu produto. O “design” vai englobar tanto o visual quanto a parte técnica e até funcional e irá auxiliar você com técnicas comerciais para melhorar a performance e com isso, sua receita.

Seu negócio é útil? (Useful)

A primeira característica e talvez uma das mais importantes, é a validação e a utilidade do seu negócio ou produto. É impressionante o tanto de negócios por aí que não acertam em cheio os problemas de um consumidor ou, até mesmo, não conseguem apresentar nenhum problema real para ser resolvido. O design precisa agregar valor na experiência do usuário.

Então, a primeira coisa que você deve avaliar em seu negócio é: O design do meu produto vai realmente ajudar o meu cliente a atingir um objetivo específico em sua vida?

Caso não, você precisa pensar em maneiras de seu design apresentar soluções reais para um problema e assim tornar seu negócio útil. Caso o usuário não reconheça seu problema como algo importante, talvez a melhor estratégia seria usar das campanhas de marketing para “educar” seus clientes ou consumidores sobre a real posição do seu negócio e o quão necessário é a sua solução.

Seu negócio apresenta um boa utilização? (Usable)

O design do seu negócio precisa ser utilizável e, para isso, você deve ter uma estrutura que facilite o usuário desde sua chegada até o exato momento que ele complete a finalidade e te gere lucro. Todos esses pontos devem ser bem desenvolvidos e refinados ao ponto de ter o mínimo ou nenhum problema em todo o fluxo da experiência.

Parece lógico não é mesmo? Você como dono deu seu próprio negócio, sabe com toda certeza o que seu cliente precisa fazer para te gerar receita.

Mas o que a maioria esquece é que esse caminho precisa ser o mais agradável possível e antes de irmos para a próxima característica, coloque em sua cabeça: quanto mais lapidado o design de utilização do seu negócio ou serviço, você terá menos problemas, como cancelamentos ou feedbacks negativos, e te proporcionará mais tempo para planejar a característica abaixo.

Seu negócio é agradável? (Enjoyable)

Ter um projeto com boa usabilidade é realmente o que todos querem, ou pelo menos a maioria. Mas, tornar todos os pontos de atrito mais agradáveis é na maioria das vezes pouco ou quase nada trabalhado.

Por exemplo, se você tivesse uma hamburgueria, ela funcionaria teoricamente com uma estrutura para receber seu cliente. Após ele escolher o lanche, se posiciona em uma fila e faz seu pedido no balcão e efetua o pagamento.

Você já percebeu todos os pontos de contato e atrito que o cliente teve nessa experiência? Irei listar alguns questionamentos desse exemplo que podem ser trabalhados para tornar o design ainda mais agradável.

  • Quando o cliente entra, ele é recepcionado de forma humanizada?
  • É realmente necessário esperar em uma fila só para fazer o pedido ou ele pode escolher enquanto aguarda sentado em uma mesa?
  • Ao ficar na fila aguardando para pedir, ele precisa estar em pé em frente ao balcão?
  • Após escolher o pedido, ele pode esperar sentado ou tem alguém para recepcionar ele com um petisco durante a espera?
  • Após ele terminar sua refeição existe algum procedimento de limpeza da mesa?

Tornar a experiência agradável é essencial para fidelizar seu cliente e tornar ele um fã do seu negócio. Mas você pode ir ainda mais fundo, torne seu design encantador e deixe que ele gere prazer em seus usuários. Sempre leve em consideração os possíveis sentimentos do seu usuário e também os sentimentos que podem ser criados.

Seu design é justo? (Equitable)

Ter um design equitativo significa que ele abrange todos os possíveis usuários de forma igual e entrega um bom resultado para todos, conquanto raça, sexo ou origem. É óbvio que cada negócio tem seu público alvo, mas mesmo dentro desse público existem minorias e elas precisam ter a mesma atenção ou você poderá estar perdendo clientes.

Hoje em dia é básico o design de seu negócio considerar as necessidades de grupos tradicionalmente sub-representados e excluídos. Um bom exemplo disso é tornar seu produto e estrutura acessível para pessoas com deficiências.

Ouça mais sobre o tema no yardcast:


Fontes

Artigos Relacionados

design

Como criar Landing Pages

Autor Diluan Matos | 5 minutos
Quer saber como criar Landing Pages? Aqui você encontra o que precisa para saber como criar! O que é uma Landing Page? Uma Landing Page ou uma LP, para os mais íntimos, é em sua tradução literal uma página de aterrisagem para os usuários, ou seja, o primeiro local onde os usuários vão... Leia Mais
design

Design de Conversão

Autor Diluan Matos | 10 minutos
Quer saber o que é, como utilizar o design de conversão ou como aplicá-lo em seu negócio e/ou projetos? Então você está no lugar que deveria estar! Logo aqui embaixo já tem tudo o que você pode estar procurando sobre Design de Conversão. O que é Design de Conversão? O Design de... Leia Mais
design

Como melhorar anúncios com Google Web Designer

Autor Diluan Matos | 8 minutos
Quer saber como melhorar seus anúncios com o Google Web Designer e ainda por cima melhorar seus resultados? Então este artigo vai te ajudar! O que é Google Web Designer? O Google Web Designer é uma ferramenta GRATUITA entregue pela própria Google para melhorar os anúncios de display... Leia Mais