arquitetura comercial

5 dicas para escolher o ponto de sua empresa

Blog
Por Maria Eduarda Groegel Camilotti
20 de março de 2017 | 4 minutos

Não existe “O” ponto perfeito para o seu negócio, existe o melhor local conforme o produto ou serviço ofertado, e principalmente a relação do local com o público-alvo.
Antes da escolha do ponto é importante ter bem definido o seu público-alvo e o fluxo de clientes necessário para ter sucesso. Tenha em mente que a influência do ponto comercial para o sucesso é variável, mas uma boa gestão do negócio é sempre essencial. O ponto, assim como a marca, sempre vai carecer de cuidado. Alguns fatores devem ser analisados na busca pelo imóvel perfeito. Veja as dicas a seguir:

  1. Defina claramente o perfil do consumidor que pretende atingir. O melhor ponto será o que concentra o maior número de consumidores para o produto ou serviço ofertado; Vale fazer uma pesquisa de geo-marketing para análises mais profundas do entorno, da renda per capita do bairro e fluxos;
  2. Existe facilidade para o cliente estacionar o carro nas proximidades do ponto? Prefira locais que tenham estacionamento próprio ou logo ao “lado”, todo cliente gosta de comodidade e segurança. Quando o foco é o pedestre, invista em fachadas atrativas e vitrines chamativas.
  3. No comércio ou na prestação de serviços, a visibilidade do negócio é tudo. Evite ficar “atrás” de obstáculos como outdoors, redes elétricas, bancas de jornais e outros elementos que impedem a visão clara do seu negócio.
  4. Confira se existe concorrência próxima. Em alguns casos, é interessante que tenha, principalmente quando é um segmento de compras por comparação, como lojas de móveis, iluminação, entre outras. Nestes casos, é uma concorrência saudável para o crescimento das empresas, seja do ponto de vista operacional, quanto de vendas. A empresa que não está atenta à concorrência, tende a estagnar e não evoluir.
  5. Visite o local em dias e horários diferentes para conhecer a movimentação e a insolação. É imprescindível se colocar na situação do seu consumidor. Visite o local de manhã, à tarde e à noite; durante a semana e aos fins de semana. Evite surpresas desagradáveis, isso pode fazer toda a diferença para o seu cliente.

Na dúvida, continue pesquisando um pouco mais antes de bater o martelo sobre qual ponto comercial é melhor para seu negócio, pois nunca é demais nesta hora. Se achar necessário contrate uma consultoria especializada para te assessorar nesta etapa.
Já escolheu seu ponto? Saiba da importância de um projeto arquitetônico e de uma boa fachada para alavancar os resultados do seu negócio.

Artigos Relacionados

marketing

Os 4 P’s do marketing: Onde você está errando?

Autor Ecco | 4 minutos
4 P's do marketing (ou marketing mix) é um conceito clássico e, acredito que seja o mais reconhecido do universo do marketing. Foi criado por Jerome McCarthy e difundido por Philip Kotler no livro Administração de Marketing, em suas dezenas de edições. Aliás, fica a recomendação de... Leia Mais
marketing

Diferença entre bordão, jargão e chavão

Autor Lucas Ribas | 5 minutos
Você quer saber a diferença entre bordão, jargão e chavão? É muito comum o uso equivocado desses termos. Algumas pessoas ainda pensam que as palavras são sinônimos, mas não é bem assim. Elas têm significados diferentes e, se você trabalha com publicidade, entender essa diferença pode... Leia Mais
google ads

Como funciona o Google

Autor Lucas Ribas | 5 minutos
O Google funciona como um grande catálogo dos sites na internet. Mas antes de entendermos melhor sobre seu funcionamento é legal passarmos sobre alguns pontos de curiosidade sobre a empresa. A Google é uma gigante que nasceu em 1998 na Universidade de Stanford. Criada por Larry Page e Sergey... Leia Mais