marketing digital

Marketing digital para pequenas empresas

Blog
Por Hellen Scheidt
18 de maio de 2022 | 9 minutos

Pensar em estratégias de marketing digital para pequenas empresas vai muito além do que encontrar maneiras de divulgar o produto ou serviço organicamente no Instagram.

 

O número de MEIs, micro e pequenas empresas cresceu 28% de 2020 para 2021 no Brasil, segundo o Sebrae. Embora a estatística isoladamente seja positiva do ponto de vista econômico, para os novos (e também para os “antigos”) empresários, ela tem um significado adicional: concorrência.

 

São mais produtos e serviços no mercado e, dependendo do tipo de empresa e área de atuação, saber como ser encontrado pelo cliente potencial na internet pode ser a chave para um negócio próspero. Por isso, preparei este artigo com um compilado de informações que você precisa saber sobre marketing digital para pequenas empresas.

 

marketing-digital-pequena-empresa

Foram 3,9 milhões de MEIs, micro e pequenas empresas formalizadas no Brasil em 2021.

Mas, antes de falarmos sobre o assunto, é preciso fazer uma diferenciação importante:

  • Marketing engloba os aspectos mais importantes de uma empresa: qual é o seu produto/serviço, seu preço, o posicionamento, os diferenciais, entre outros;
  • Marketing digital, ou publicidade online, são ações e estratégias feitas na internet para divulgar e comercializar o produto/serviço.

Ou seja, é o dono da empresa ou a equipe interna de marketing quem precisa fazer a precificação do produto, definir a porcentagem de desconto, estabelecer as condições de frete grátis, etc. Isso porque essas questões precisam levar em conta os custos de produção, taxa de lucro, logística de entrega…

 

Já a forma com que essas informações serão apresentadas ao consumidor, são as ações de marketing. Vale ressaltar que quando as questões relacionadas ao marketing estão bem resolvidas, encontrar formas de divulgação e comercialização torna-se muito mais simples.

 

Marketing para pequenas empresas

Embora não seja o objetivo deste artigo tratar sobre marketing, você encontra outros artigos com assuntos extremamente pertinentes no blog da yard. Selecionei dois exemplos para você acessar se tiver interesse.


O primeiro trata sobre 
os 4 P’s do Marketing, que é um conceito apresentado no livro Administração de Marketing, de Philip Kotler, e trata de definições importantes para qualquer empresa: produto, preço, praça e promoção. O “segredo” é determinar qual é o melhor P da empresa para melhorá-lo e usá-lo como destaque na publicidade do negócio.

 

E o segundo artigo aborda a curva de valor do oceano azul, que é o mapeamento do posicionamento da empresa em relação à concorrência, avaliando características que o cliente considera importantes. Identificando isso, será possível planejar estratégias mais assertivas para a empresa e para a divulgação do produto/serviço.

 

Marketing digital para pequenas empresas

Agora que você já sabe a diferença entre os termos e aprendeu dois conceitos de marketing que serão muito valiosos para montar uma estratégia de publicidade online, podemos passar para o resumo do que você precisa saber sobre marketing digital para pequenas empresas.

 

Planejamento

planejamento-marketing-digital

Um bom planejamento é o que definirá o rumo que a estratégia de marketing digital irá seguir. Não comece a investir seu tempo e dinheiro antes de entender questões relacionadas ao seu cliente (jornada de compra, persona) e realizar uma pesquisa sobre a sua concorrência.

 

Nesse caso, não há uma ordem específica que você precisa seguir. O importante é ter essas duas informações completas para avançar no planejamento. Vamos iniciar pela persona.

 

Criação da persona

A persona é a pessoa fictícia que você irá descrever com o perfil de cliente ideal para a empresa. É diferente de público-alvo. Imagine que o público-alvo da empresa são mulheres, entre 18 e 30 anos, com interesse em produtos de beleza veganos. A persona, nesse exemplo, poderia ser a Ana, 20 anos, que usa maquiagem diariamente para ir à faculdade, mas não consome produtos com origem animal, nem testados em animais, e sua principal fonte de descobrimento de novos produtos são influencers desse mesmo nicho. 

 

Para criar a persona da empresa, busque responder estas perguntas (conforme elas forem relevantes para a lógica do negócio):

  • Homem ou mulher? E qual o seu nome?
  • Qual a idade?
  • Quais são suas dores/problemas?
  • O que ele/a consome?
  • Quais os seus sonhos ou metas?

Então, sempre que a empresa fazer um conteúdo, ele deverá ser personalizado para a persona. E isso gera identificação com todas as pessoas que fazem parte do público.

 

Pesquisa de concorrência

Esta é uma etapa importante, mas muitas vezes deixada de lado durante o planejamento de estratégias de marketing digital para pequenas empresas. Vou elencar alguns tópicos que você precisa analisar das estratégias de concorrentes antes de começar a sua:

  • Quais são as principais empresas que concorrem com o produto/serviço? Você pode criar categorias e analisar por faixa de preço, localização, etc.
  • Essas empresas têm perfil nas redes sociais? Quais?
  • Elas possuem site, blog e/ou landing page?
  • Você consegue encontrar anúncios delas no Google ou redes sociais? Dica extra: para pesquisar anúncios no Facebook e Instagram, use a ferramenta Biblioteca de Anúncios do Facebook;
  • Qual o conteúdo e o formato desses anúncios?
  • No caso de produtos, as lojas oferecem descontos, cupons, frete grátis? Quais os métodos de pagamento?
  • No caso de serviços, quais as formas de entrar em contato ou solicitar orçamento?

 

Tenha um olhar atento não no sentido de copiar o que já é feito, mas sim reunir dados de contexto para entender qual é o “mínimo” que a empresa precisa fazer e em quais pontos é capaz de inovar. Um exemplo é: seu concorrente oferece parcelamento em até 10x sem juros na loja online. Se a sua loja parcela em até 3x apenas, pode acabar perdendo vendas para a outra empresa.

 

Redes sociais, site, blog ou landing page?

Não há uma regra para afirmar do que a empresa precisa. Tudo depende da estratégia, da situação atual do negócio, da jornada de compra e outros fatores. Com um orçamento mais baixo em publicidade, mas necessidade de geração de leais, por exemplo, a empresa pode deixar a criação do site institucional para outro momento e focar em landing pages e anúncios.

 

Já com relação às redes sociais, ter um perfil profissional no Instagram e uma página no Facebook é necessário se você pretende investir em anúncios nessas plataformas. Igualmente se você deseja investir em LinkedIn, Twitter ou TikTok Ads.

 

Mas ter um perfil, não significa que precisa produzir conteúdo orgânico. Para saber se precisa investir tempo na criação de posts para o Instagram, pense na jornada de compra do cliente. Ele encontraria seu produto/serviço pelas redes sociais? Ou seu primeiro movimento seria pesquisar no Google? E você terá sua resposta.

 

Entretanto, também não significa que você não irá utilizar as redes sociais se o seu caso for o segundo. O remarketing é uma ferramenta muito poderosa para o negócio, principalmente em jornadas de compra longas. A pessoa interessada visita o site ou landing page pelo Google, mas não realiza um cadastro ou uma compra. A partir daí é possível exibir anúncios personalizados para ela nas redes sociais incentivando a retomar sua jornada.

 

Por fim, o blog é uma estratégia muito eficiente, mas deve levar em conta que a empresa colherá seus resultados a médio e longo prazo. Por isso é importante avaliar cada caso e entender o que é coerente para cada tipo de negócio.

 


Anúncios

O orçamento para publicidade permite o investimento em anúncios? Para definir que tipo de campanha e em qual mídia será feita, é preciso ter em mente os objetivos da empresa. Se você tem uma loja, um dos objetivos pode ser aumentar as vendas na loja física, ou então aumentar as vendas na loja virtual. Já se você tem uma empresa prestadora de serviços, um dos principais objetivos a se ter em mente é gerar pedidos de orçamento.

 

Tendo em mente a sua meta de negócios, fica mais fácil em elaborar soluções criativas para alcançá-la. Pode ser que a sua empresa deseje receber pedidos de orçamento, mas também tenha como objetivo secundário aumentar sua presença em determinada região. Então você pode destinar uma parte da verba para campanhas de conversão no Facebook, Instagram e Google Ads e outra parcela do orçamento para anúncios no YouTube e outdoors, por exemplo.

 

Vou citar aqui alguns dos meios que utilizamos atualmente para fazer campanhas publicitárias:

  • Anúncios no Facebook e Instagram Ads (para objetivos de conversão, alcance, tráfego e visualização de vídeo);
  • Na rede de pesquisa do Google Ads (para conversão e tráfego);
  • Rede de display do Google Ads (para alcance e tráfego);
  • YouTube (para alcance, reconhecimento de marca e visualização de vídeo);
  • Outdoors (para alcance e reconhecimento de marca);
  • Anúncios na TV aberta (para alcance e reconhecimento de marca);
  • Informes publicitários (para conversão e tráfego);
  • E-mail marketing (para conversão e tráfego);
  • Spots de rádio (para alcance e reconhecimento de marca);
  • Entre outros.

 

Ou seja, existem os mais variados meios para fazer marketing digital para pequenas empresas. Mas é preciso um bom profissional de planejamento de mídia para saber identificar quais têm melhor possibilidade de trazer bons resultados para os objetivos da empresa de acordo com o orçamento disponível.

 

Relatórios

relatorio-marketing-digital
Por fim, não há outra maneira de saber se os esforços com marketing digital estão tendo resultado sem produzir relatórios. Um relatório simples necessita de, pelo menos, o valor investido no período, a quantidade de vendas ou leads (pedidos de orçamento) e o custo para gerar cada venda ou lead.

 

Dessa forma, você consegue identificar se o valor investido em publicidade trouxe retornos reais para a empresa ou se saiu “no prejuízo”. Se você quiser saber mais sobre outras métricas importantes para monitorar nas suas campanhas de marketing em e-commerce, recomendo este artigo sobre os indicadores indispensáveis para ter sucesso em sua loja online. Já se você quer saber como pode otimizar seu tempo produzindo relatórios, acesse este post com 6 ferramentas para automatizar relatórios de marketing digital.

Artigos Relacionados

eventos

Cupom de desconto RD Summit – Como conseguir

Autor Ecco | 4 minutos
Cupom de desconto para o RD Summit 2023? Você está no lugar certo! Aqui você garante 15% de desconto para comprar seu ingresso em qualquer lote. 🤩  Clique aqui para comprar seu ingresso para o RD Summit com cupom de desconto de 15% - Quer garantir o seu ingresso para o RD Summit com... Leia Mais
marketing digital

Conteúdos simples e baratos para estratégias de marketing em 2022

Autor Alisson | 3 minutos
Sua empresa está buscando apostar no marketing de conteúdo, mas não quer ter um investimento tão grande em tempo e dinheiro? Neste artigo vamos citar excelentes tipos de conteúdos que têm grande potencial de funcionar e são relativamente simples de serem desenvolvidos. Nosso foco hoje é... Leia Mais
marketing digital

Copy para Marketing: A Jornada do Herói

Autor Hellen Scheidt | 6 minutos
Sabe quando você tem uma copy para escrever, mas não sabe por onde começar? Ou qual argumento usar? E como ser assertivo no texto para fazer com que a pessoa faça o que você quer? Seja acessar o site, realizar um cadastro, entrar em contato, fazer uma compra...   Esse é um problema... Leia Mais